GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
Brasil Solar Power 2017
(5/7/2017 - 6/7/2017)
Centro de Convenções Sul América, RJ
Grupo CanalEnergia

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Distribuição - Artigos
  Autor/Fonte: Compagas
  Data: 28/03/2017

    Número de residências com gás natural em Curitiba cresce 14%


 A Compagas comemora os 35 mil clientes no segmento residencial e destaca vantagens do combustível como economia, segurança e fatura individual

 

A Companhia Paranaense de Gás (Compagas) começa o ano com uma marca a ser comemorada. Em dezembro, a empresa superou a marca dos 35 mil consumidores atendidos com gás natural no segmento residencial, registrando um crescimento de 14% do setor em 2016. De acordo com o gerente do segmento na Compagas, Justino Pinho, a expectativa é que o número de residências atendidas cresça ainda mais. Segundo ele, já são mais de 20 bairros abastecidos em Curitiba e a Compagas está com obras de expansão da rede residencial em Araucária e em Ponta Grossa. “Em Araucária o projeto deve abastecer a três condomínios do bairro Capela Velha, totalizando 1.000 apartamentos, e em Ponta Grossa concluímos a primeira etapa do projeto residencial”.

 

Entre as principais vantagens do gás natural para os consumidores, o gerente destaca a economia, a emissão de fatura individual, a segurança, e o fornecimento contínuo e canalizado, que elimina a necessidade das centrais de gás, ou de espaços para armazenamento de botijões. O síndico Marco Laureanti implantou o gás natural em dois condomínios administrados por ele em Curitiba, e em pesquisa constatou uma redução média de 30% na conta de gás dos dois residenciais. Os moradores, segundo ele, aprovaram a troca não só devido à economia, mas também à segurança oferecida pelo combustível e ao ganho de espaço comum no empreendimento. “Nunca houve um vazamento, isso dá confiança aos moradores. Eles ficaram ainda mais felizes porque ganharam espaço. Como não precisávamos mais manter cilindros ou botijões de gás, a área que era reservada para eles se tornou um bicicletário em um dos prédios e uma cozinha para funcionários no outro”.

Desde que mudou para um condomínio que utiliza o gás natural, há três anos, a professora e empresária Lúcia Helena Rahme passou a gastar em média 25% a menos na fatura de gás. Além da economia e da cobrança individual, ela aponta outros benefícios do gás natural em relação ao Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), combustível que usava em sua antiga residência. “A vantagem do gás natural já começa por não ter que trocar botijões. Além disso, o fornecimento é contínuo, nunca há interrupção”, conta.

Segundo o gerente da Compagas, além dos edifícios novos, cada vez mais prédios já habitados migram para o gás natural. E ele afirma que mudar a forma de abastecimento de um empreendimento para o gás natural é mais simples do que parece.“A Compagas realiza uma avaliação da atual situação do edifício e propõe soluções caso exista algo fora das normas técnicas. Após a assinatura do contrato são realizadas as adequações, se necessárias, para a utilização do gás natural. A instalação dos medidores e reguladores individuais também é de responsabilidade da Compagas”.

Para conferir o mapa da rede de distribuição da rede para o segmento residencial, acesse: http://www.compagas.com.br/rede-de-distribuicao-de-gas.

 

Fonte: Compagas/Agência de Notícias do Paraná

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
Banner Branco

  CopyRight © GasNet - 2013