GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
FEIMEC - Feira Internacional de Máquinas e Equipam ...
(24/4/2018 - 28/4/2018)
São Paulo Expo Exhibition and Convention Center - Rod. dos Imigrantes Km 1,5
Informa Exhibitions

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Distribuição - Artigos
  Autor/Fonte: André Ramalho,Valor Econômico
  Data: 03/05/2017

    CEG planeja investir R$ 271 milhões este ano


 

Após superar a marca de 900 mil clientes, em 2016, a CEG, distribuidora de gás canalizado controlada pela espanhola Gas Natural Fenosa, pretende aumentar os investimentos este ano em 5,4%, para R$ 271,3 milhões. A expectativa é que, no último ano do calendário de investimentos plurianuais aprovado no processo da 3ª revisão tarifária, ainda em 2013, a companhia supere os compromissos regulatórios de investimentos globais na expansão da rede de gasodutos no Estado do Rio de Janeiro.

O orçamento para 2017 será submetido à aprovação dos acionistas, em assembleia geral. Além dos investimentos, a direção da CEG propõe destinar R$ 77,1 milhões para distribuição como juros sobre o capital próprio e mais R$ 126,7 milhões como dividendos aos acionistas. Em 2016, a CEG lucrou R$ 290,7 milhões, uma alta de 2,2% ante 2015.

Se confirmado o orçamento prometido, a CEG fechará o quinquênio 2013­2017 com investimentos da ordem de R$ 1,2 bilhão, 9% acima do compromisso assumido junto à Agenersa, órgão regulador estadual do Rio de Janeiro em 2013, na ocasião da 3ª revisão tarifária.

O descumprimento das metas de investimento no quinquênio 2008­2012 foi, justamente, o principal motivo que levou à redução de 1,99% das margens da concessionária na 3ª revisão tarifária.

A CEG abastece a região Metropolitana do Rio de Janeiro. No ano passado, a companhia aumentou em 3,9% o número de clientes, de 873 mil para 907 mil unidades consumidoras. Mantido o mesmo ritmo, a expectativa é que a área de concessão da empresa ultrapasse o patamar de 1 milhão de clientes em três anos. As vendas da companhia totalizaram 10,59 milhões de metros cúbicos diários de gás, o que representa uma baixa de 26% ante 2015, devido sobretudo ao menor despacho das térmicas.

 

Fonte: Valor Econômico/ Sindcomb Notícias

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
FEIMEC - Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos 2018

  CopyRight © GasNet - 2013