GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
FEIMEC - Feira Internacional de Máquinas e Equipam ...
(24/4/2018 - 28/4/2018)
São Paulo Expo Exhibition and Convention Center - Rod. dos Imigrantes Km 1,5
Informa Exhibitions

 
 
22nd International Conference and Exhibition on P ...
(22/5/2018 - 24/5/2018)
Marriott Houston Westchase, Houston, TX USA
PennWell Corporation

 
 
27th World Gas Conference
(25/6/2018 - 29/6/2018)
Washington, D.C.
IGU - International Gas Union
The World Gas Conference is held every three years in the country holding the Presidency of the Inte ...

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Gasodutos - Express
  Autor/Fonte: Brasil Energia/Sindcomb Notíciaas
  Data: 06/07/2017

    Companhia de Transporte de Gás planeja investimentos de R$ 80 milhões em gasodutos virtuais


Gasoduto virtual pode ser abastecido por GNL e atender consumidores distantes a cerca de 200 quilômetros da rede

O atendimento a consumidores de gás natural mais distantes da rede de gasodutos é um desafio para as distribuidoras do combustível, principalmente quando considerados os custos, que podem variar entre US$ 60 e US$ 100 a instalação por polegada/metro. Uma solução considerada viável para atender estes mercados é o sistema de gasodutos virtuais.

O presidente da Companhia de Transporte de Gás (CTG), Horácio Andres, explicou que essa é uma alternativa viável para consumidores distantes a cerca de 200 quilômetros da rede. Para dar conta da demanda, a CTG – que não tem relação com a chinesa CTG – planeja investir até R$ 80 milhões ao longo deste ano.

De acordo com o executivo, o gasoduto pode ser abastecido com GNL ou gás natural comprimido (GNC), sendo transportado em carretas até o local de destino, onde abastece a rede do duto virtual.

“Quanto maior a distância, o gasoduto operado por GNL torna-se viável. Em estado líquido, é possível transportar até 30 mil m³, explicou o executivo.

Andrés explicou que a solução tem ganhado terreno em São Paulo. “Existem quatro projetos na área da Comgás a serem executados e outros em vias de começar na área de concessão da Gás Brasiliano”, ressaltou o presidente da CTG.

De acordo com a companhia, a disponibilidade desta alternativa de transporte do gás natural, somado as facilidades criadas, por exemplo, pelo governo do estado de São Paulo através da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado (Arsesp) tem permitido tornar realidade os denominados projetos estruturantes.

Nestes projetos as distribuidoras de gás natural constroem redes secundárias, para municípios afastados dos dutos de transporte e transportam o insumo, comprimido ou liquefeito, através de caminhões, até estas redes independentes, que posteriormente distribuem para a população local e as indústrias.

 “A cidade de Campos do Jordão é um bom exemplo prático. O baixo consumo não compensaria levar uma rede de gasoduto até lá. A solução foi o gasoduto virtual, com a construção de uma estação de armazenamento e distribuição e o abastecimento realizado através de caminhões”, disse Andrés.

 

 

 

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
FEIMEC - Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos 2018

  CopyRight © GasNet - 2013