GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
FEIMEC - Feira Internacional de Máquinas e Equipam ...
(24/4/2018 - 28/4/2018)
São Paulo Expo Exhibition and Convention Center - Rod. dos Imigrantes Km 1,5
Informa Exhibitions

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Produção - Express
  Autor/Fonte: Época Negócios
  Data: 12/09/2017

    Com grande produção de gás, Bacia de Santos supera a de Campos pela 1ª vez


Santos passa a ser protagonista na indústria petrolífera, após o pré-sal ter superado o pós-sal em junho no país, também pela primeira vez

A produção de petróleo e gás da Bacia de Santos superou a da Bacia de Campos pela primeira vez em julho de 2017, atingindo em média 1,522 milhão de barris de óleo equivalente ao dia (boe/d), de acordo com dados publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) em 04/09/2017. 

Em junho de 2017, a produção de Santos já havia se aproximado à de Campos, historicamente a principal bacia produtora do Brasil que completa 40 anos em 2017, em meio ao crescimento da extração no pré-sal. Campos produziu, ao todo, 1,427 milhão de boe/dia em julho de 2017.

Considerando somente a produção de petróleo, Campos ainda lidera a extração no país, com 1,285 milhão de barris ao dia, ante 1,173 milhão de barris/dia em média de Santos. Essa situação, porém, deve ser invertida ainda em 2017, disseram à Reuters especialistas, ao final do mês de agosto de 2017.

A produção de gás da Bacia de Santos somou 55,378 milhões de metros cúbicos por dia em média em julho de 2017, ou quase a metade do total produzido no Brasil, ante 22,563 milhões de metros cúbicos registrados em Campos. O Brasil produziu em julho de 2017 115 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d) de gás, superando os 111,8 milhões de metros de dezembro de 2016, a marca histórica anterior. O volume produzido em julho de 2017 representou um aumento de 3,5% em relação ao mês de junho de 2017 e de 7,3% em relação a julho de 2016.

Petróleo 

A produção de petróleo no Brasil em julho somou 2,623 milhões de barris por dia, informou ANP recentemente, o que representa queda de 1,9% na comparação com junho de 2017, mas expansão de 1,5% ante julho de 2016.

"A redução em relação a junho de 2017 se deve, principalmente, à parada programada da plataforma P-58, que opera na área denominada \'Parque das Baleias\' (áreas de desenvolvimento de Jubarte, Baleia Azul, Baleia Franca e Baleia Anã)", disse a ANP.

A produção total de petróleo e gás natural no país foi de aproximadamente 3,346 milhões de barris de óleo equivalente por dia, ante 3,374 milhões em junho de 2017.

Já a produção do pré-sal em julho de 2017 totalizou aproximadamente 1,613 milhão de barris de óleo equivalente por dia, uma redução de 4,3% em relação ao mês de junho de 2017. Oriunda de 80 poços, a extração de petróleo na área somou 1,293 milhão de barris de petróleo por dia, enquanto a de gás natural atingiu 51 milhões de metros cúbicos por dia.

A produção do pré-sal correspondeu a 48,2% do total produzido no Brasil, segundo a agência.

 

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
FEIMEC - Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos 2018

  CopyRight © GasNet - 2013