GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
Seminário Internacional - Mobilidade a Gás Natural ...
(22/11/2018 - 23/11/2018)
Hotel Hilton Copacabana – Av. Atlântica 1020
Abegás/Gas Natural Fenosa
Evento 100% dedicado ao mercado de GNV
Objetivo:
Apresentar as soluções tecnológicas e os b ...

 
 
Asset Management, Operational Excellence Forum for ...
(29/11/2018 - 30/11/2018)
Bilderberg Garden Hotel, Amsterdam, Netherlands
Informa Exhibitions
"Maintenance for Oil and Gas Petrochemical Europe"
The Asset Management and Operational Excelle ...

 
 
Global Forum on Procurement and Supply Chain Manag ...
(24/1/2019 - 25/1/2019)
Amsterdam, Netherlands
Informa Exhibitions
Global Forum on Procurement and Supply Chain Management for the Oil and Gas Industry has encountere ...

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Geral - Atualidades
  Autor/Fonte: Abegás - Redação de Notícias
  Data: 19/02/2018

    Consumo de gás natural no Brasil cresce 7,2% em 2017


Em dezembro, crescimento foi de 21,1% no comparativo com mesmo mês do ano anterior  

No acumulado de 2017, o consumo de gás natural no País apresentou crescimento de 7,2% frente ao mesmo mês do ano anterior. Foram consumidos, em média, 65,85 milhões de metros cúbicos/dia em 2017 ante 61,43 milhões metros cúbicos/dia na média de 2016. Em dezembro, o crescimento chegou a 21,1% na comparação com o resultado do mesmo mês em 2016 (70,68 ante 58,38 milhões de metros cúbicos/dia).

Já a indústria aumentou em 3,28% seu consumo no ano de 2017 frente aos números de 2016, na comparação das médias acumuladas.

As informações compõem levantamento estatístico da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), feito com concessionárias em 20 estados, reunindo dados em diversos segmentos: residencial, comercial e automotivo, entre outros”

“A retomada da atividade econômica do País potencializou o crescimento do consumo de gás natural em 2017”, destaca o presidente executivo da Abegás, Augusto Salomon.

Um dos destaques em 2017 foi a consolidação do consumo do Gás Natural Veicular (GNV), com 8,74% de crescimento na média acumulada e de 11,57% em dezembro ante o mesmo mês do ano de 2016.

“No ano de 2017, o GNV consolidou a curva de crescimento que vinha se desenhando ao longo do período – resultado, também, da política de preços para os combustíveis líquidos adotada pela Petrobras em meados do ano passado, mais alinhada com o mercado internacional.  Isso aguçou a percepção do consumidor sobre a economia que o GNV traz para o orçamento das famílias e também para as empresas que utilizam o combustível em frotas”, diz Salomon.

“Nossa expectativa em 2018 é que o Brasil possa adotar medidas que tragam avanços infralegais que incentivem investimentos capazes de universalizar o serviço de distribuição de gás natural”, afirma o presidente executivo da Abegás.

 

Resultados por segmento em dezembro de 2017

O levantamento da Abegás registrou, em 2017, um crescimento de 3,28% no consumo industrial em comparação com a média do resultado acumulado de 2016 e um aumento de 2,21% frente aos números de dezembro de 2016. No confronto com os dados de novembro, a queda foi de 8,49%, em função da sazonalidade – parte da indústria aumenta sua produção nos meses anteriores

No segmento automotivo, o consumo de GNV subiu 8,74% na média acumulada de 2017 frente ao mesmo indicador de 2016. em relação a novembro de 2017, o número subiu 9%. Na comparação do resultado de dezembro deste ano com os números de 2016, a evolução foi de 11,57%.

No consumo comercial, o segmento teve uma alta de 5,73% em relação ao mês de novembro. Registrou, em dezembro, um recuo de 3,84% em relação ao mesmo mês de 2016, e uma queda de 6,08% na comparação entre as médias acumuladas de 2017 e 2016.

No segmento residencial, o desempenho em dezembro registrou um aumento de 1,81% em relação a novembro de 2017, e de 5,56% em relação a dezembro de 2016.

Na cogeração, o segmento teve um recuo de 2,48% em relação a novembro de 2017, mas cresceu 21,07% em relação a dezembro de 2016. Na média acumulada, o avanço foi de 11,63% na comparação com 2016.

Na geração elétrica, o consumo caiu 5,27% em relação a novembro. No entanto, na comparação com dezembro de 2016, a evolução foi de 100,13%. Na média acumulada, o consumo elevou 37,88% em 2017 na comparação com 2016.

Destaques de consumo nas regiões em novembro 2017 ante outubro/2017

  • Centro-Oeste – Aumento de 20% no segmento cogeração
  • Nordeste – Crescimento de 15,6% no segmento geração elétrica e 7,8% no automotivo
  • Norte – Crescimento de 9% no segmento comercial;
  • Sudeste – Aumento de 10% no segmento automotivo;
  • Sul – Alta de 4,6% no segmento automotivo.

Fonte: Comunicação ABEGÁS

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
Banner Lilás

  CopyRight © GasNet - 2013