GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
27th World Gas Conference
(25/6/2018 - 29/6/2018)
Washington, D.C.
IGU - International Gas Union
The World Gas Conference is held every three years in the country holding the Presidency of the Inte ...

 
 
Pipeline Week
(11/9/2018 - 13/9/2018)
The Westin Galleria, Houston, TX USA
Pennwell Corporation

 
 
Rio Oil & Gas 2018
(24/9/2018 - 27/9/2018)
Riocentro - Centro de Convenções, Av. Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca - RJ
IBP

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Geral - Express
  Autor/Fonte: TN Petróleo/Assessoria ANP
  Data: 25/04/2018

    Em São Paulo, Oddone fala da retomada do setor de óleo e gás no Brasil


 Décio Oddone da ANP, voltou a defender, em 24/04/2018, a diversificação de todos os segmentos do setor de petróleo e gás natural no Brasil (exploração e produção, refino e abastecimento).

"Queremos criar um mercado competitivo em todos os segmentos da indústria. Precisamos de muitas empresas investindo no setor. O aumento dos investimentos vai ter impacto na produção de petróleo, gás e derivados, com reflexos na petroquímica, na geração elétrica a gás, na arrecadação e na contratação de bens e serviços no Brasil", afirmou.

As declarações foram dadas durante suas apresentações em dois eventos realizados em São Paulo, um almoço-palestra promovido pela Associação de Ex-alunos INSEAD (INSEAD Alumni Association Brazil) e a reunião mensal do Comitê de Petróleo e Gás Natural da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB).

Nas palestras, Oddone abordou ainda a retomada do setor de petróleo e gás natural no Brasil, possível a partir do calendário plurianual de rodadas e dos aprimoramentos regulatórios que vêm sendo empreendidos pela ANP e pelo Governo.

O diretor-geral destacou que estão previstos R$ 1 trilhão em investimentos e 40 novas plataformas até 2027. Segundo ele, o Brasil não pode investir apenas no pré sal. "Temos que tornar o offshore fora do pré-sal e a produção em terra atraentes para empresas adequadas a cada um desses ambientes. Temos que criar um mercado secundário, trazendo mais investimentos para o país".

 

 

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
Banner Lilás

  CopyRight © GasNet - 2013