GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
EXPOMAFE — Feira Internacional de Máquinas-Ferram ...
(7/5/2019 - 11/5/2019)
São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, Rodovia dos Imigrantes Km 1,5
Informa Exhibitions/Abimaq


 
 
FLAME 2019
(13/5/2019 - 15/5/2019)
Hotel Okura, Amsterdam
Informa Exhibitions
The European meeting place for the global gas & LNG industry

 
 
10ª edição Brasil Offshore | "Brasil Offshore – A ...
(25/6/2019 - 28/6/2019)
Centro de Convenções Roberto Marinho, Macaé (RJ)
FGuaraná Comunicação Estratégica
Horário: terça a sexta-feira, das 14h às 21h

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Geral - Express
  Autor/Fonte: O Globo
  Data: 05/06/2018

    Pré-sal pode ser usado para segurar preços dos combustíveis


Governo estuda alternativa, mas Ministério da Fazenda resiste

Na esteira da greve dos caminhoneiros, que parou o país e provocou uma crise de desabastecimento, o governo estuda um mecanismo para reduzir os reajustes frequentes nos preços dos combustíveis, especialmente da gasolina. Reportagem publicada no jornal O GLOBO desta terça-feira revela que o governo quer usar leilões do pré-sal como fonte de recursos para compensar a Petrobras.

De um lado, o Ministério de Minas e Energia é a favor da proposta. Do outro, o Ministério da Fazenda teme pelo uso desses recursos e defende que a melhor solução seria mudar a periodicidade dos reajustes da gasolina.

Estatal deixaria de realizar reajustes diários no valor da gasolina, assim como fez no gás

Em busca de uma fonte de recursos para compensar a Petrobras e evitar reajustes frequentes dos combustíveis, o governo estuda usar o leilão do pré-sal de uma área cedida à estatal e que agora deve retornar parcialmente à União. A estimativa é que este leilão possa render até R$80 bilhões. Mas a equipe econômica resiste. A proposta do Ministério da Fazenda é que a Petrobras estenda o prazo entre os reajustes da gasolina, a exemplo do que já faz com o preço do gás.

 

 




Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
EXPOMAFE 2019

  CopyRight © GasNet - 2013