GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
EXPOMAFE — Feira Internacional de Máquinas-Ferram ...
(7/5/2019 - 11/5/2019)
São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, Rodovia dos Imigrantes Km 1,5
Informa Exhibitions/Abimaq


 
 
FLAME 2019
(13/5/2019 - 15/5/2019)
Hotel Okura, Amsterdam
Informa Exhibitions
The European meeting place for the global gas & LNG industry

 
 
10ª edição Brasil Offshore | "Brasil Offshore – A ...
(25/6/2019 - 28/6/2019)
Centro de Convenções Roberto Marinho, Macaé (RJ)
FGuaraná Comunicação Estratégica
Horário: terça a sexta-feira, das 14h às 21h

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Geral - Express
  Autor/Fonte: TN Petróleo/Assessoria MME
  Data: 06/11/2018

    Saiu o Boletim Mensal de Acompanhamento da Indústria de Gás Natural


O Ministério de Minas e Energia publicou a edição nº 138/agosto 2018, do Boletim Mensal de Acompanhamento da Indústria do Gás Natural.

A publicação apresenta o balanço do gás natural no Brasil, na Argentina, na Bolívia, no Chile e no Uruguai, além de dados nacionais – reservas, produção, destinação do gás, importações e oferta interna, consumo, preços, competitividade e infraestrutura de transporte -, entre outras informações.

Destaques do mês de agosto/2018

(Análise comparativa em relação ao mês anterior)

Demanda: A demanda total passou de 89,6 para 86,6 milhões de m³/dia, influenciada pelo menor consumo do segmento termelétrico.

Oferta nacional: Oferta nacional caiu 10 milhões de m³/dia, passando de 57,8 para 47,8 milhões de m³/dia, devido à redução da produção.

Produção nacional: A produção nacional foi reduzida de 116,0 para 106,4 milhões de m³/dia, impactada pela parada programada da Plataforma de Mexilhão e gasoduto de escoamento (Rota 1).

Oferta de gás importado: Para atender a demanda, no cenário de redução da oferta nacional, foi necessário o incremento da oferta importada. Destaca-se que esse incremento foi efetivado por meio da maior regaseificação de GNL, que passou de 13,4 para 20,5 milhões de m³/dia, sendo verificada estabilidade da importação de gás boliviano. 

 

 

 

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
EXPOMAFE 2019

  CopyRight © GasNet - 2013