GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
Global Forum on Procurement and Supply Chain Manag ...
(24/1/2019 - 25/1/2019)
Amsterdam, Netherlands
Informa Exhibitions
Global Forum on Procurement and Supply Chain Management for the Oil and Gas Industry has encountere ...

 
 
LNG Bunkering Summit
(30/1/2019 - 31/1/2019)
Amsterdam, Netherlands
Informa Exhibitions
"Conference focus on aligning the LNG business case for ports, shipping operators"
LNG Bunkerin ...

 
 
EXPOMAFE — Feira Internacional de Máquinas-Ferram ...
(7/5/2019 - 11/5/2019)
São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, Rodovia dos Imigrantes Km 1,5
Informa Exhibitions/Abimaq


 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Geral - Express
  Autor/Fonte: Ramona Ordoñez, O Globo
  Data: 08/11/2018

    ANP: Brasil fica com 76% do arrecadado em leilões de petróleo em 3 anos


Segundo diretor-geral da agência, país ficou com maior parte dos US$ 7 bi das licitações no mundo

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Décio Oddone, afirmou nesta quarta-feira que o Brasil concentrou 76% do valor arrecadado em bônus em leilões de licitação de áreas de produção de petróleo no mundo. Segundo ele, desde 2016, as petroleiras pagaram US$ 7 bilhões (cerca de R$ 26 bilhões) em uma centena de leilões com 3 mil blocos ofertados, que foram realizados em 82 países desde 2016. O Brasil ficou com a maior parte de recursos com apenas 72 do total de blocos licitados no mundo.

Para Oddone, o Brasil continuará a atrair investimentos no setor de óleo e gás no próximo ano. A equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro, já indicou disposição de manter a realização de novos leilões. Ele fez os comentários ao participar na tarde desta quarta-feira da assinatura de 12 contratos de concessão com dez empresas que arremataram blocos na 15ª rodada de licitações de áreas no pós-sal, realizado março deste ano. 

Durante o evento, o ministro de Minas e energia, Moreira Franco, também disse acreditar na continuidade dos leilões da ANP no novo governo, destacando que o mandato de Oddone à frente da ANP termina em 2020.

- Estou torcendo para que o mais breve possível possamos assinar os contratos de partilha da 5ª Rodada (do pré-sal, realizada em setembro deste ano), e comemorar, no próximo ano, o sucesso da ANP (em termos de) de transparência. E que tenhamos no gás natural um mercado completamente diferente - disse Moreira Franco.

 

 

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
EXPOMAFE 2019

  CopyRight © GasNet - 2013