GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
EXPOMAFE — Feira Internacional de Máquinas-Ferram ...
(7/5/2019 - 11/5/2019)
São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, Rodovia dos Imigrantes Km 1,5
Informa Exhibitions/Abimaq


 
 
FLAME 2019
(13/5/2019 - 15/5/2019)
Hotel Okura, Amsterdam
Informa Exhibitions
The European meeting place for the global gas & LNG industry

 
 
10ª edição Brasil Offshore | "Brasil Offshore – A ...
(25/6/2019 - 28/6/2019)
Centro de Convenções Roberto Marinho, Macaé (RJ)
FGuaraná Comunicação Estratégica
Horário: terça a sexta-feira, das 14h às 21h

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Geral - Atualidades
  Autor/Fonte: Agência Reuters /Abegás
  Data: 15/11/2018

    Gás deve ultrapassar carvão como segunda maior fonte de energia em 2030, diz IEA


 

O gás natural deve ultrapassar o carvão como segunda maior fonte de energia do mundo depois do petróleo em 2030, devido à busca pela redução na poluição do ar e a um aumento no uso de Gás Natural Liquefeito (GNL), disse a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) no dia 13/11/2018.

A IEA, com sede em Paris, disse em seu relatório anual de projeções de 2018 que a demanda por energia deve crescer em mais de um quarto entre 2017 e 2040, se considerado um uso mais eficiente de energia, ou um aumento de duas vezes se não houver esse movimento.

A demanda global por gás deverá crescer em 1,6 por cento ao ano até 2040, quando seria 45 superior à vista hoje, segundo a agência.

As estimativas são baseadas em um cenário da IEA que prevê o estabelecimento de leis e políticas para reduzir emissões e combater a mudança climática. O cenário também assume maior eficiência energética no uso de combustíveis, em edificações e outros fatores.

O gás natural é o combustível fóssil com crescimento mais rápido nesse cenário que prevê novas políticas, ultrapassando o carvão em 2030 para se tornar a segunda maior fonte de energia depois do petróleo, afirma o relatório.

A China, que já é o maior importador de petróleo e carvão do mundo, deverá em breve se tornar também o maior importador de gás, com as importações líquidas chegando ao nível da União Europeia em 2040, disse a IEA.

Economias emergentes na Ásia deverão responder por cerca de metade do crescimento global na demanda por gás, e a fatia desses países nas importações de GNL deve dobrar para 60 por cento em 2040, ainda segundo o relatório.

Em termos de produção, os Estados Unidos poderão responder por 40 por cento do crescimento esperado na oferta de gás até 2025, de acordo com a IEA.

 

Fonte: Reuters (14/11/2018)

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
EXPOMAFE 2019

  CopyRight © GasNet - 2013