GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
FEIMEC - Feira Internacional de Máquinas e Equipam ...
(24/4/2018 - 28/4/2018)
São Paulo Expo Exhibition and Convention Center - Rod. dos Imigrantes Km 1,5
Informa Exhibitions

 
 
22nd International Conference and Exhibition on P ...
(22/5/2018 - 24/5/2018)
Marriott Houston Westchase, Houston, TX USA
PennWell Corporation

 
 
27th World Gas Conference
(25/6/2018 - 29/6/2018)
Washington, D.C.
IGU - International Gas Union
The World Gas Conference is held every three years in the country holding the Presidency of the Inte ...

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  GNC - Artigos
  Autor/Fonte: Agora MS/CTGás, out/06.
  Data: 31/10/2006

    Neogás leva GNC ao norte de Mato Grosso do Sul


O governador Zeca do PT, juntamente com o diretor-presidente da MSGÁS (Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul), Maurício Arruda, assinou no início de outubro contratos que garantem a distribuição de gás natural comprimido ao Norte do Estado. Serão implantados uma unidade de compressão em Campo Grande, um sistema de transporte por carretas e uma unidade de descompressão em Rio Verde.

Cerca de R$ 4 milhões serão investidos pela Neogás, empresa responsável pela implementação das unidades e pelo transporte. A Neogás é gaúcha, de Caxias do Sul, e está presente em outros seis estados, além de Mato Grosso do Sul - Amazonas, Piauí, Ceará, Alagoas, São Paulo e Minas Gerais - e na China. "Sem dúvida o GNC (gás natural comprimido) é um desbravador de mercado, porque pode gerar demanda para uma futura vinda do gasoduto onde é possível levá-lo", afirma o presidente do Conselho Administrativo da empresa, Ricardo Gomara. O gás chegará a Rio Verde em cilindros metálicos com capacidade para até 41 metros cúbicos.

Os contratos são de sete anos. O gás deverá custar cerca de R$ 1,30 o metro cúbico. O governo do Estado tem influência direta no baixo preço do produto, pois garantiu isenção de ICMS ao gás que será consumido em Rio Verde. Além disso, a MSGÁS abriu uma linha de crédito no valor de R$ 1 milhão para financiamento das adaptações necessárias nas fornalhas para que elas possam funcionar a gás.

O prefeito rio-verdense, Mário Krüger, afirmou que esse investimento é "também uma forma de inclusão social, pois existem empresas de qualidade dando trabalho digno à população da cidade". A utilização do gás permitirá que as indústrias ceramistas possam produzir a chamada cerâmica branca (azulejo e piso) de mais valor no mercado e que antes só era fabricada em outros Estados.

O diretor-presidente da MSGÁS, Maurício Arruda, disse que a cidade de Rio Verde é apenas o começo de um mercado que pode crescer muito. "Essa nova tecnologia, GNC, permite que outros municípios localizados a um raio de 250 quilômetros de Campo Grande possam receber o gás, que é um combustível mais barato em relação ao diesel, por exemplo."

O governador Zeca do PT se disse contente por estar assinando estes contratos. "Primeiro, porque é um recorde, em menos de 45 dias após assinarmos os termos de compromisso que garantam a ida de gás para Rio Verde, já estarmos assinando os primeiros contratos. Segundo, porque esse momento acontece logo após uma viagem minha a São Paulo, onde tive uma conversa com diretores da Votorantin Celulose, que trará, junto com a International Paper, uma grande indústria para Três Lagoas. Isso, junto com o Pólo Siderúrgico de Corumbá, o frigorífico Bertim em Campo Grande e a fábrica de biodiesel, farão com que, definitivamente, nosso Estado saia da bipolarização boi-soja e entre definitivamente para um estágio de potencialização de suas riquezas. Por último, porque a MSGÁS não é mais uma empresa de gaveta como quando assumimos há oito anos. Hoje, ela é uma empresa muito importante não só para Mato Grosso do Sul, mas para o Brasil."

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
FEIMEC - Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos 2018

  CopyRight © GasNet - 2013