GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
27th World Gas Conference
(25/6/2018 - 29/6/2018)
Washington, D.C.
IGU - International Gas Union
The World Gas Conference is held every three years in the country holding the Presidency of the Inte ...

 
 
Pipeline Week
(11/9/2018 - 13/9/2018)
The Westin Galleria, Houston, TX USA
Pennwell Corporation

 
 
Rio Oil & Gas 2018
(24/9/2018 - 27/9/2018)
Riocentro - Centro de Convenções, Av. Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca - RJ
IBP

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Cogeração - Novidades Tecnológicas
  Autor/Fonte: Danilo Oliveira
  Data: 19/08/2010

    GasNatural importará unidade de cogeração residencial da Honda


Segundo Osório de Brito, da Cogen Rio, o equipamento testará adaptação ao clima tropical

 

O Brasil importará do Japão uma unidade de cogeração de pequeno porte que pode ser utilizada em residências e para o comércio. Do tamanho aproximado de um fogão, o equipamento possui potência elétrica de 1 kW e 3,25 kW de potência térmica, segundo o superintendente da Cogen Rio, Osório de Brito. De acordo com o executivo, a unidade cogeradora terá entre 80% e 85% de eficiência. Os valores são referentes ao produto japonês, que é voltado para o aquecimento durante o inverno. Ele explicou que a tecnologia, desenvolvida pela Honda, aproveita instalações existentes de gás, seja da residência, seja do abastecimento comercial, para gerar energia.

 

"A Honda está tropicalizando o equipamento para poder trazer para o Brasil e funcionar para produzir frio a partir da energia térmica (vapor)", detalhou em entrevista. A empresa japonesa pretende desenvolver produtos para o mercado com clima tropical. Segundo Brito, a GasNatural Serviços, subsidiária da Ceg - distribuidora de gás encanado residencial do Rio de Janeiro, importará uma unidade a fim de testar e avaliar o potencial do equipamento para comercialziação. Ele contou ainda que a Comgás também possui interesse em estudar o equipamento.

 

Brito afirmou que o sistema utilizará instalações já existentes de gás e que o consumo de gás das residências não deve sofrer muitas alterações. Ele explicou ainda que o uso do sistema poderá ser compartilhado, com cobrança independente. "O backup pode ser feito pelo apartamento de cima ou pelo apartamento de baixo. Um medidor, toda vez que precisar de backup, vai fazer a contabilidade necessária", disse.

 

Sobre o custo do equipamento, o superintendente da Cogen Rio disse que ainda é cedo para avaliar, visto que não é possível avaliar os gastos com impostos e o quanto será necessário para "tropicalizar" a tecnologia. Além do Japão, a unidade cogeradora está presente na Europa e em outros países como Austrália, por exemplo. "Eu acho que isso é uma evolução do uso da cogeração, que hoje está limitada a grandes aproveitamentos e não a esse nível", observou.

 

 

Fonte: Danilo Oliveira, Agência CanalEnergia, 16/08/10

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group
Banner Lilás

  CopyRight © GasNet - 2013