Geral TN Petróleo/Agência Petrobras 11 junho 2020

Petrobras muda para 18/06 o prazo para interessados nos blocos offshore na Bacia do Espírito Santo

A Petrobras em referência ao comunicado divulgado em 01/06/2020, sobre a venda de parcela de sua participação nos blocos exploratórios pertencentes às concessões ES-M-596_R11, ES-M-598_R11, ES-M-671_R11, ES-M-673_R11 e ES-M743_R11, localizados na Bacia do Espírito Santo, vem divulgar aos interessados que o prazo para as empresas expressarem seu interesse na oportunidade está sendo prorrogado para 18/06/2020, permanecendo inalteradas as demais disposições do documento.

Em razão da alteração descrita acima, o teaser disponível no site da Petrobras (https://investidorpetrobras.com.br/pt/resultados e comunicados/teasers) foi modificado para considerar o novo prazo.

Não há necessidade de envio de nova manifestação de interesse caso o participante já tenha submetido a sua manifestação.

As principais etapas subsequentes do projeto serão informadas oportunamente ao mercado.

A presente divulgação está de acordo com as diretrizes para desinvestimentos da Petrobras e com as disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos, previsto no Decreto 9.355/2018.

Essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhor alocação do capital da companhia, visando à maximização de valor para os seus acionistas.

Sobre as concessões

As concessões ES-M-596_R11, ES-M-598_R11, ES-M-671_R11, ES-M-673_R11 e ES-M-743_R11 foram adquiridas na 11ª Rodada de Licitações da ANP em 2013 e estão atualmente no 1º Período Exploratório. 

A cessão para a Petrobras das participações da Equinor (com consequente transferência da operação) e da Total,foi tratada no âmbito de processos administrativos do Conselho Administrativo de Defesa Econômica

(CADE), que aprovou a operação para cada uma das cinco concessões, em decisão transitada em julgado.

Resta pendente ainda o processo perante a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), cuja previsão de conclusão é o 2º semestre de 2020.

tabela abaixo contém um resumo das concessões com a participação esperada da Petrobras, após a conclusão dos processos perante a ANP, e do percentual total de desinvestimento.

As concessões estão estrategicamente posicionadas em relação às descobertas do pós-sal, nas áreas conhecidas como Parque dos Deuses, Parque dos Doces e Parque dos Cachorros, na Bacia do Espírito Santo, com potencial de comprovar significativos volumes e firmar posição em uma nova fronteira exploratória tanto do pré-sal quanto do pós-sal.

As ofertas deverão ser realizadas por concessão, sujeitas a eventual exercício do direito de preferência pelos parceiros e demais aprovações necessárias, conforme aplicável.