Geral TN Petróleo/Agência ANP 31 março 2021

ANP participa da Mesa REATE Espírito Santo

ANP participa da Mesa REATE Espírito SantoA ANP participou ontem (30/03/2021) da Mesa Reate Espírito Santo, evento online que deu sequência à agenda do Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres (Reate).

O Reate tem o objetivo de buscar avanços na implementação de uma política nacional que fortaleça a atividade de exploração e produção de petróleo e gás natural em áreas terrestres, de modo a estimular o desenvolvimento de uma indústria forte e competitiva, com produção crescente e pluralidade de operadores e fornecedores de bens e serviços.

O diretor Dirceu Amorelli conduziu a participação da ANP na Mesa Reate Espírito Santo, que também contou com a participação de superintendentes e técnicos com temas ligados ao Reate.

Em sua fala, Amorelli destacou a importância do Espírito Santo para a indústria de petróleo e gás nacional, em especial no onshore. Segundo ele, nas rodadas de licitações no regime de concessão já realizadas, foram arrematados 63 blocos terrestres na Bacia do Espírito Santo, além de outros sete blocos no 2º Ciclo da Oferta Permanente e quatro áreas com acumulações marginais em rodadas específicas.

A Bacia do Espírito Santo vem de um longo histórico de sucesso. Ela tem se mostrado um excelente investimento para empresas de todos os portes. Isso se traduziu, apenas em bônus de assinatura, em um investimento de R$ 35,8 milhões para blocos capixabas. Mas isso é só a ponta do iceberg, o mais importante são os empregos e renda gerados. Essa indústria é intensiva em trabalho e geração de emprego, o que tem sido um dos grandes focos da ANP, afirmou Amorelli.

Essa foi a terceira edição da Mesa Reate, que já teve debates sobre os estados do Rio Grande do Norte e da Bahia. Estão previstos ainda para este ano mais três encontros: Alagoas, Amazonas e Sergipe.