Geral Pedro Aurélio Teixeira 15 junho 2021

EPE: leilão A-5 cadastra 1.694 projetos em 93,9 GW

Leilão cadastrou 12 projetos de RSU, que entra pela primeira vez em certames


A Empresa de Pesquisa Energética concluiu no último dia 2 de junho/2021 o cadastramento dos projetos para participação no Leilão de Energia Nova A-5 de 2021. O leilão está previsto para ser realizado em 30 de setembro de 2021, com participação de empreendimentos eólicos, fotovoltaicos, hidrelétricos e termelétricos. O destaque deste leilão é o produto exclusivo destinado à Recuperação Energética de Resíduos Sólidos Urbanos. Ao todo foram cadastrados na EPE 1.694 projetos, totalizando mais de 93,9 GW de oferta.

A fonte com mais projetos cadastrados foi a solar, com 835 projetos que somam 32.254 MW. A eólica veio em seguida, com 690 projetos em 22.811 MW. O RSU cadastrou 12 projetos com 315 MW. A fonte hídrica teve 71 projetos cadastrados, em um total de 2.118 MW. O leilão também vai contar com 52 térmicas movidas a gás natural na disputa, somando 34.585 MW. As UTEs a biomassa cadastraram 31 projetos em 1.476 MW, enquanto as térmicas a carvão cadastraram 3 projetos em 1.300 MW.

Os estados da região Nordeste apresentam os maiores quantitativos de projetos e potência cadastrados para o leilão, com destaque para as fontes eólica e solar. Só na Bahia são 498 projetos em 16,96 GW e no Rio Grande do Norte, 226 projetos em 8,47 GW. O destaque vai também para o total de projetos a gás natural cadastrados no Rio de Janeiro – 17 em 15.143 MW – e os empreendimentos fotovoltaicos em Minas Gerais, com 185 usinas que totalizam 6.950 MW.

 

Fonte: CanalEnergia News Diária (09/06/2021)