Termelétricas Denise Luna 31 agosto 2021

Petrobras amplia oferta de combustíveis para térmicas e quadruplica geração

As usinas térmicas vem sendo cada vez mais acionadas devido à falta de chuvas, o que está levando vários reservatórios de hidrelétricas à beira do colapso

A Petrobras ampliou a oferta de combustíveis para térmicas, o que permitiu aumentar, em nove meses (de setembro de 2020 a junho de 2021), a geração termelétrica de suas usinas e de clientes de cerca de 2 mil megawatts (MW) para quase 8 mil MW, informou a estatal no dia 19/08/2021.

No mesmo período, o volume de gás disponibilizado pela Petrobras para termelétricas variou de 12 milhões para 35 milhões de metros cúbicos por dia, alta de 19%.

O incremento se deu por meio de uma série de medidas antecipatórias para maximizar a oferta de gás natural ao mercado, informou a companhia em nota.

Entre as medidas está a ampliação da capacidade do Terminal de Regaseificação da Baía de Guanabara, de 20 milhões para 30 milhões de m3/dia; o posicionamento dos dois navios regaseificadores nos Terminais da Bahia (TR-BA) e do Rio de Janeiro; e a importação de gás natural liquefeito (GNL), chegando a mais de 14 navios por mês.

A estatal destacou ainda, a flexibilização pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) da especificação do gás processado na unidade de tratamento de Caraguatatuba, além da interligação das Rotas 1 e 2 de escoamento de gás do pré-sal.

Além disso, a companhia continua negociando novo contrato interruptível com a Bolívia e providenciando alternativas para disponibilidade de um terceiro navio regaseificador, informou.

Em relação ao fornecimento de óleo combustível para uso por clientes termelétricos, a oferta aumentou de zero em setembro de 2020 para 183 mil toneladas em junho de 2021, e o volume de diesel para este fim variou de zero para 44 mil m3 por mês no mesmo período.

O aumento da oferta foi possível em função de otimizações operacionais nas refinarias e importações, disse a companhia.

 

Fonte: O Estado de São Paulo (19/08/2021)