GNV Sindcomb Notícias/Abegás/Copergás 31 agosto 2021

Copergás: Pernambuco tem 1º caminhão do N/NE movido a diesel / GNV

O primeiro caminhão do Norte/Nordeste com sistema de combustão híbrida Diesel/GNV foi lançado na última quinta-feira (26/08/2021), em ato que contou com a presença do diretor-presidente da Copergás, André Campos, do diretor técnico-comercial, Fabrício Bomtempo, e de colaboradores da Companhia.

O lançamento aconteceu em Suape, em posto do Rota Petróleo,  grupo proprietário do caminhão e que fez os investimentos para a conversão do modelo.

O sistema utilizado é o Dual Fuel – Diesel/Gás, da Landirenzo, empresa italiana presente em mais de 50 países e líder mundial no segmento de equipamentos para GNV e GLP. A conversão foi realizada pela Auto Gás. O sistema Dual Fuel é modular, adaptando-se a todos os tipos de veículos, com a diminuição de ruídos e vibrações e aumento da autonomia. O custo da conversão de um veículo diesel para diesel-GNV, hoje, fica em torno de R$ 40 mil. O sistema é vantajoso para caminhões que rodam pelo menos 10 mil km/mês.

Participaram do evento empresários do setor de postos e do transporte de cargas – público consumidor em potencial do novo caminhão – e representantes da Caixa Econômica Federal, que apresentaram linhas de crédito para a aquisição do modelo.

O presidente da Copergás, André Campos, destacou o pioneirismo da iniciativa e o potencial de novo mercado que se abre para o GNV: o dos veículos pesados. “A utilização do gás veicular contribui para a preservação do meio ambiente e para a economia de custos. A iniciativa que vemos aqui, de um grupo pernambucano, é indicativo da força que tem hoje este combustível. Da parte da Copergás, estamos trabalhando para expandir cada vez mais a oferta de GNV em todo o Estado”, disse André.

O setor tem merecido atenção da Companhia, que no início do mês realizou o fórum nacional Viabilidade do GNV em veículos pesados. O gás veicular já está consolidado hoje, entre os veículos leves, como opção vantajosa, sustentável e segura frente aos outros combustíveis.

Da Copergás, além de André e Fabrício, estiveram presentes no lançamento Ennio Benning (assessor institucional); Fábio Morgado (assistente da Diretoria Técnico-Comercial); Roberto Zanella (coordenador da GERE – Coordenação de Engenharia); Carlos Eduardo Santos (gerente da GCVI – Gerência de Comercialização Veicular e Industrial); João Guerra (supervisor do Segmento Veicular da GCVI), que fez apresentação sobre o alcance e a expansão da rede de distribuição da Copergás; Bruno Sousa (supervisor do Segmento Industrial da GCVI); Marco Antonio Oliveira (engenheiro de suporte técnico da GCVI) e Tarcísio Dias Araújo (técnico operacional da GCVI).

O proprietário do grupo Rota Petróleo, Carlos Magno, agradeceu a presença de todos e ressaltou a importância da Copergás como responsável pela oferta de GNV no Estado. Um dos filhos dele, Tiago Melo, fez apresentação sobre o caminhão e o futuro do GNV em veículos pesados. Não se trata mais de uma tendência, já é uma realidade. Cada vez mais grandes empresas exigem que o transporte de seus produtos seja feito por veículos sustentáveis, que respeitem o meio ambiente. Se nós não avançarmos neste sentido, vamos ficar para trás, disse ele.