Geral Agência CanalEnergia 15 setembro 2021

EDP investirá R$ 42 mi hidrogênio verde no Ceará

Projeto prevê produção de 250 Nm3/h do gás para dezembro de 2022 no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP)

A EDP anunciou que vai implantar a primeira usina de Hidrogênio Verde (H2V) do Ceará, prevendo produzir 250 Nm3/h do gás no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) a partir de dezembro de 2022. O investimento de R$ 41,9 milhões também contempla uma usina solar de 3 MW e um módulo eletrolisador para produção do combustível com garantia de origem renovável.

O projeto foi apresentado no início do mês de setembro/2021 pelo CEO da EDP no Brasil, João Marques da Cruz, ao governador do estado do Ceará, Camilo Santana, com a empresa justificando a escolha do estado pelas características estratégicas para produção do H2V, seja pelo potencial solar e eólico ou pela localização e oferta de infraestrutura para escoamento ao mercado internacional.

A concepção da usina de Hidrogênio Verde da companhia deriva de um projeto de Pesquisa & Desenvolvimento na térmica Pecém, instalada em São Gonçalo do Amarante (CE), e que deverá gerar o combustível com garantia de origem renovável, além de desenvolver um roadmap com análises de cenários de escalabilidade, considerando todos os elos a jusante e montante da  produção do hidrogênio.

Ao longo da iniciativa também serão analisados a cadeia produtiva do gás; modelos de negócios; parcerias estratégicas com indústrias, empresas de serviços e empresas automotivas; geração e armazenamento do combustível, além de adaptações em mobilidade utilizando o H2V nos transportes rodoviário, ferroviário, aéreo e marítimo.

 

Fonte:Agência CanalEnergia (02/09/2021)