GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Geral - Express
  Autor/Fonte: Gerência de Imprensa Petrobras
  Data: 02/11/2019

    Petrobras assina Aditivo ao Contrato de Cessão Onerosa


A Petrobras assinou, nesta  sexta-feira (01/11/2019), o Termo Aditivo ao Contrato de Cessão Onerosa. O aditivo prevê o ressarcimento à companhia de US$ 9,058 bilhões (nove bilhões e cinquenta e oito milhões de dólares), que convertidos para reais, de acordo com as regras do Contrato de Cessão Onerosa, e atualizados pela taxa Selic até 30 de setembro de 2019, somam cerca de R$ 34,1 bilhões (trinta e quatro bilhões e cem milhões de reais).
 
O valor do ressarcimento será atualizado pela Selic até sua efetiva quitação, que ocorrerá juntamente com o recebimento, em montante igual ou superior, pela União, do bônus de assinatura da licitação dos volumes excedentes ao Contrato de Cessão Onerosa ou até 27 de dezembro de 2020, o que ocorrer primeiro.

 

Foi uma grande vitória. A Petrobras e o governo, unidos por um só objetivo, de colocar o Brasil no caminho da prosperidade, conseguiram em pouco tempo que nosso sonho se concretizasse. O Brasil está de parabéns, declarou o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, em cerimônia de assinatura do termo aditivo realizada na sede da ANP, no Rio de Janeiro. Finalmente teremos o leilão do excedente da cessão onerosa, que é o maior leilão de petróleo do mundo, com ativos de classe mundial, acrescentou o executivo.


A celebração do termo aditivo ocorreu previamente à realização do leilão dos excedentes da Cessão Onerosa, após a solução orçamentaria para o pagamento da União à Petrobras e após o atendimento das demais condicionantes definidas pela Conselho de Administração da companhia.
 

 

 

 

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group

  CopyRight © GasNet - 2013