GasNet - O Site do Gás Natural e GNV    
Distribuição Produção Legislação Termelétricas GD - Geração Distribuída Novas Tecnologias Cursos & Eventos Instituições

Tenha o GasNet no seu celular

Disponível para iPhone na AppStore

Disponível para Android na GooglePlay

 
 
Atena Engenharia Leia as histórias do Netinho (nosso mascote) Acesse a nossa seção e saiba tudo sobre GNV Leia as histórias do Netinho (nosso mascote)
  Cogeração - Reportagens
  Autor/Fonte: Canal Energia
  Data: 2020-03-24

    Novo complexo solar atrai mais de R$ 800 mi em investimentos na Bahia


 

Protocolo de intenções foi assinado para seis UFVs da Solar Sertão (474 MW), além de projeto eólico a ser inciado em 2021

 

O estado da Bahia receberá investimentos de R$ 827,8 milhões para projetos dentro do setor de energias renováveis, vindo de quatro empresas. Os protocolos de intenções foram assinados com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) no dia 17 de março de 2020, numa iniciativa que promete gerar 1,4 mil empregos para a região. Segundo o vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico, as assinaturas de protocolos são frutos concretos do trabalho de atração que o estado vem desempenhando.

97,8% dos recursos serão destinados a implantação do complexo solar Sol do Sertão, em Oliveira de Brejinhos. Da terra do chocolate, em Ilhéus, a grande notícia é a ampliação da Mendoá Chocolates. Isso mostra que vale a pena trabalhar pela Bahia e pelos baianos, informou.

A companhia Sol do Sertão assinou protocolos no valor de R$ 810 milhões para construção de seis usinas para geração de energia elétrica. No total, a empresa, que investe pela primeira vez em energia solar, vai construir três grandes complexos, com um total de oito parques e capacidade instalada de 474 MW.

De acordo com Gilberto Peixoto, diretor de Implantação da Sol do Sertão, as obras civis devem iniciar ainda neste mês de março e gerar 1,2 mil vagas de emprego, com a previsão de que os parques entrem em operação por fases, entre março e julho de 2021.

Assinar os protocolos com o Estado é um passo importante para o andar dos nossos projetos, e este, um incentivo e desenvolvimento muito grande para região. Estamos desenvolvendo também um projeto eólico na região de Xique Xique, com previsão de início de obras para o próximo ano, declara Peixoto.

 

Fonte: Agência CanalEnergia News Diária( 20/03/2020)

Compartilhe este texto com seus amigos:
 



  Gasodutos
  Cogeração
  GNC

Informa Group

  CopyRight © GasNet - 2013